Pra ser bom tem que ser cópia? Sobre mulheres

Até pouco tempo atrás éramos consideradas cidadãos de segunda classe. As mulheres tiverem que lutar para votar, por exemplo. O que não percebemos foi que com os direitos das mulheres vieram as redefinições do papel feminino. 

Por muito tempo, cargos de maior autoridade foram ocupados por homens, isso automaticamente deixou a nossa sociedade estimando as virtudes masculinas enquanto degradava as virtudes femininas.

Cientificamente provado, homens e mulheres são diferentes. Mulheres tendem a pensar mais no coletivo enquanto homens são mais individualistas, mulheres são mais sensíveis e acolhedoras, homens tendem a falar mais sobre suas conquistas enquanto mulheres descrevem sem cerimônia suas derrotas. Mulheres tendem a falar mais do que homens.

O que não percebemos é que homens e mulheres são igualmente importantes em diferentes caminhos e um precisa do outro.

Homens são fisicamente mais fortes isso remete a uma característica forte que é o de responsabilidade e proteção, mulheres fisicamente são capazes de dar a luz e amamentar o que remete a figura carinhosa e acolhedora.

Não significa que homem e mulher não podem ocupar o mesmo papel, significa que a abordagem será diferente para cada um. Mulheres podem estar e executar qualquer tarefa que quiser, sim! Porém nossa maneira de enxergar o mundo e trazer soluções será diferente dos homens.

Infelizmente buscamos IGUALDADE e automaticamente valorizamos a abordagem masculina como a adequada resultando em mulheres individualistas, insensíveis, extremamente racionais porque do contrário não se tem voz pois segundo o padrão, sensibilidade atrapalha as decisões, ter compaixão passa a ideia de fraqueza.

Quantas guerras seriam evitadas se as matriarcas estivessem junto com os patriarcas na liderança. Quanta compaixão, intuição, carinho e paciência não seria adicionado.

Talvez se mulheres estivessem em mais cargos de liderança, exercendo suas características mais marcantes, o planeta seria mais seguro, mais compassivo e acolhedor. Violência e guerra talvez tivesse sua taxa reduzida se homens e mulheres governassem juntos.

A natureza da mulher é menos violenta e hostil e mais propensa a encontrar uma solução pacífica para os conflitos.

Talvez o que buscamos não seja igualdade, porque somos diferentes, mas sim uma valorização igualitária de quem somos. Vamos celebrar nossas virtudes e lutar para que juntos, homens e mulheres, tenhamos uma casa, uma cidade, um país e um mundo mais justo.

Um comentário sobre “Pra ser bom tem que ser cópia? Sobre mulheres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s