O Olhar do Leão

Quero compartilhar um momento de intimidade que tive com Deus dia desses, escrevi a experiência no mesmo dia e agora transformo em post para te encorajar nesse tempo a desenvolver uma rotina de intimidade com seu Criador e Pai.

Estava orando, chorando, clamando pela presença de Jesus. Dentre muitas coisas pelas quais estava orando e deixando meu espírito fluir junto com o dele, pedi para que Jesus se manifestasse de alguma forma comigo ali naquele momento. Me esqueci de quem estava em casa, falo isso porque normalmente tenho esses momentos quando estou sozinha, sozinha, mas não foi o caso naquele dia.

Enquanto pedia isso, saí da posição de joelhos e deitei no sofá e me cobri com uma coberta até que meu rosto fosse coberto, meu espírito continuou conectado, foi então que vi como um olho de leão, como se ele estivesse paralelo ao meu corpo, esse olhar mudava a expressão, primeiro um olhar firme, em seguida um olhar de misericórdia e nesse momento me constrangeu seu olhar que cruzou com o meu, um olhar de amor. Estou tentando colocar em palavras, mas talvez não seja preciso como gostaria. Fiquei um tempo ali, olhando até que ele foi embora.

Quando ele se foi, ainda envolta a música que tocava em meu ouvido me lembrei de um trecho do livro “o cavalo e seu menino”, parte das Crônicas de Narnia, li esse livro acho que há mais de 10 anos atrás e nesse trecho o Leão se revela a Shasta, personagem principal. Eu lembrava que o leão se revelava e nada mais, meu trecho preferido, mas continuei lendo e enquanto lia percebi que o último trecho falava sobre os olhos de Shasta encontrarem os olhos do leão:

“O Grande Rei encaminhou-se para ele. A juba e um perfume estranho e solene, que nela pairava, cercaram o menino. O Leão tocou a fronte de Shasta com a língua. Os olhos de ambos encontraram-se. Depois, instantaneamente, a brancura da névoa misturou-se com o brilho ardente do Leão, num redemoinho de glória, e os dois sumiram. Shasta se viu só, com o cavalo, na relva de uma colina, sob um céu azul. Todas as aves do mundo cantavam.”

Que doce presença! Jesus se manifestando de uma maneira tão inesperada, literalmente por essa não esperava. Me lembrou que “só há um leão que tem o pé ligeiro”

Ele está em tudo!

“– Fui eu o leão que o forçou a encontrar-se com Aravis. Fui eu o gato que o consolou na casa dos mortos. Fui eu o leão que espantou os chacais para que você dormisse. Fui eu o leão que empurrou para a praia a canoa em que você dormia, uma criança quase morta, para que um homem, acordado à meia-noite, o acolhesse.” (O cavalo e seu menino – As Crônicas de Nárnia. Meu trecho favorito)

Deus, cuida de mim!

“Somente em Deus eu encontro paz e nele ponho a minha esperança. Somente ele é a rocha que me salva; ele é o meu protetor, e eu não serei abalado. A minha salvação e a minha honra dependem de Deus; ele é a minha rocha poderosa e o meu abrigo.” Salmos 62:5-7 NTLH

“Mais de uma vez tenho ouvido Deus dizer que o poder é dele” Salmos 62:11 NTLH

Teu é o poder, rei meu e Deus meu! Obrigada Jesus pela tua doce e poderosa presença.

Que você se sinta encorajado a encontrar-se com Jesus, sua presença é real e se manifesta de muitas maneiras, basta parar e observar! Parece que foi rápido, mas todo esse processo durou um pouco mais de 3 horas, nem eu acreditei quando olhei no relógio, perdi a noção do tempo.

Perca você também a noção de tempo e espaço, tenho certeza que vai ser incrível!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s