Santo? Como assim?

Uma nota sobre meus escritos, primeiro tem a ver comigo, depois reflito e reparto com vocês. Dito isso, vamos ao que realmente interessa kkkkk.

Como sempre, sou impelida a pensar num determinado tema por determinado tempo. Por que? Não sei, talvez eu seja um pouco lenta para compreender as coisas 🙂 Há umas 2 semanas, I guess, tenho refletido sobre a santidade e majestade de Deus. Li um texto que dizia que quando Moisés foi preparar o povo pra encontrar com Deus, uma das recomendações era não tocar no “pé” do monte, do contrário, seriam fuminados. Sabem o que é isso? Ser morto por não ser digno de tocar o mesmo monte que o Todo-Poderoso está? Outra passagem, e esta está em Isaías 6:1-7, diz que Isaías viu o Senhor na sala do trono e seu manto cobria toda a sala, em cima tinham 6 querubins com 6 asas cada um, onde 2 asas cobriam o rosto, 2 cobriam os pés e 2 os mantinham voando, eles cantavam “Santo, Santo, Santo é o Senhor Todo-Poderoso; a sua presença gloriosa enche o mundo inteiro”. Isaías ficou tão chocado que falou “ai de mim! Estou perdido! Pois os meus lábios são impuros. E com meus próprios olhos vi o Rei, o Senhor Todo-Poderoso!”. Depois disso, um dos Serafins tocou o lábio de Isaías com uma tenaz (uma brasa) e disse “agora que esta brasa tocou os seus lábios, as suas culpas estão tiradas, e os seus pecados estão perdoados”. Enfim, esse texto rodeou minha mente até ontem. Quando estava adorando a Deus, comecei a declarar sua santidade e me perguntar sobre a magnitude desse Deus e como era possível termos acesso a algo tão grande e poderoso. Nessa momento de adoração e oração e contrição, tive uma visão (pelo menos é assim que chamo quando uma imagem me aparece do nada na mente).

Enquanto imaginava essa sala do trono, com o Deus Todo-Poderoso, com seu manto cobrindo todo aquele espaço físico, vi uma quantidade de sangue que escorria do trono e se espalhava pela sala. Era muito sangue porque o chão ficou todo vermelho. Perguntei pra Deus o que aquilo significava e o que escutei (chamo assim quando a resposta pra minha pergunta aparece em minha mente) foi: “Esse é o sangue do cordeiro, Jesus, o sacrifício vivo, com seu sangue aqueles que foram lavados recebem o mesmo benefício que Isaías teve quando foi tocado pela tenaz, ou seja, “as suas culpas estão tiradas, e os seus pecados estão perdoados”. Jesus, que está sentado a direita de Deus nos recebe através do seu sangue. Não tem outra maneira. Isso nos possibilita cantar com os anjos “SANTO, SANTO, SANTO É O SENHOR TODO-PODEROSO”.

Me arrepia! O Deus do monte Sinai desceu e conviveu entre nós, temos acesso ao Pai através do seu sangue, sangue que nos identifica, sangue que nos limpa e que nos dá um novo começo, uma nova vida, um novo espírito.

Um comentário sobre “Santo? Como assim?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s